COMPETIÇÃO E PODER DE MERCADO: UMA ANÁLISE DO MERCADO DE REVENDA DE GASOLINA COMUM NO ESTADO DE MINAS GERAIS ENTRE 2002 E 2011

Autores

  • Rosangela Aparecida Soares Fernandes Universidade Federal de Ouro Preto - Campus Mariana MG
  • Sarah Lorena Peixoto Universidade Federal de Ouro Preto
  • Cristiane Marcia dos Santos Universidade Federal de Ouro Preto - Campus Mariana

Resumo

O objetivo desse artigo foi avaliar a competição entre os postos revendedores de gasolina comum no Estado de Minas Gerais, no período de janeiro de 2002 a julho de 2011. A análise realizada nesse artigo foi desenvolvida à luz da Teoria da Nova Organização Industrial Empírica (NOIE), especificamente, no modelo proposto por Bresnahan (1982). O modelo foi estimado a partir do Método de Mínimos Quadrados em Dois Estágios. O resultado obtido pela estimação do parâmetro de competição sugeriu que, os postos revendedores de gasolina Comum apresentaram elevada competição, embora a hipótese de concorrência perfeita tenha sido rejeitada. Em razão da magnitude do parâmetro de conduta concluiu-se que os postos não apresentaram comportamento colusivo neste mercado.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosangela Aparecida Soares Fernandes, Universidade Federal de Ouro Preto - Campus Mariana MG

Doutora em Economia APlicada pela UFV

Professora Adjunta III pela UFOP - Campus Mariana

Sarah Lorena Peixoto, Universidade Federal de Ouro Preto

Graduanda em Engenharia de Produção - Escola de Minas.

Universidade Federal de Ouro Preto

Cristiane Marcia dos Santos, Universidade Federal de Ouro Preto - Campus Mariana

Doutora em Economia APlicada pela UFV

Professora Adjunta IV pela UFOP - Campus Mariana

Downloads

Publicado

2016-09-16

Como Citar

FERNANDES, R. A. S.; PEIXOTO, S. L.; DOS SANTOS, C. M. COMPETIÇÃO E PODER DE MERCADO: UMA ANÁLISE DO MERCADO DE REVENDA DE GASOLINA COMUM NO ESTADO DE MINAS GERAIS ENTRE 2002 E 2011. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 127–139, 2016. Disponível em: https://www.revistaaber.org.br/rberu/article/view/161. Acesso em: 26 set. 2022.
Share |