ENSINO SUPERIOR E DESENVOLVIMENTO REGIONAL: AVALIAÇÃO DO IMPACTO ECONÔMICO DE LONGO-PRAZO

Autores

  • Cassio Rolim Professor do Dept. de Economia e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico da Universidade Federal do Paraná (PPGDE-UFPR)
  • Mauricio Serra Professor do Dept. de Economia e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico da Universidade Federal do Paraná (PPGDE-UFPR)

Resumo

O impacto econômico de uma instituição de ensino superior na região
em que ela está inserida é sempre muito grande. A maioria dos trabalhos presentes na literatura analisa o impacto sobre a demanda agregada regional. Além desse impacto, a presença da universidade também é importante no que se refere à qualificação da força de trabalho, ao efeito gerado por suas pesquisas para o aumento da produtividade, à solução de problemas locais, ao aumento do nível geral de conhecimento e de cultura da região, à sua contribuição enquanto lócus de inovação e de constituição de cidadania. Esse impacto pode ser visto como de longo prazo sobre elementos da oferta na região. Este artigo objetiva discutir algumas questões metodológicas presentes na avaliação dos impactos econômicos de longo prazo sobre as regiões onde estão instaladas
instituições de ensino superior. As observações empíricas vêm da análise das universidades públicas do estado do Paraná localizadas no eixo Londrina-Maringá realizadas entre 2005 e 2006 no âmbito do projeto Supporting the Contribution of Higher Education Institutions to Regional Development coordenado pelo OECD - Programme on Institutional Management on Higher Education – IMHE.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-02-06

Como Citar

ROLIM, C.; SERRA, M. ENSINO SUPERIOR E DESENVOLVIMENTO REGIONAL: AVALIAÇÃO DO IMPACTO ECONÔMICO DE LONGO-PRAZO. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 3, n. 1, 2015. Disponível em: https://www.revistaaber.org.br/rberu/article/view/29. Acesso em: 29 set. 2022.
Share |