QUEM PASSA FOME NO BRASIL? UMA ANÁLISE REGIONAL DOS DETERMINANTES DA INSEGURANÇA ALIMENTAR FORTE NOS DOMICÍLIOS BRASILEIROS

Autores

  • Raquel Pereira Pontes Doutoranda em Economia Aplicada Universidade Federal de Viçosa - DER/UFV
  • Márcio Nora Barbosa Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Cristiano Aguiar de Oliveira Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Patrizia Raggi Abdallah Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Resumo

O objetivo deste trabalho é investigar o perfil dos indivíduos que moram em domicílios com Insegurança Alimentar Forte IAF nas regiões brasileiras, ou seja, que em algum momento tenham sofrido restrição quantitativa de alimentos (fome). Para esse fim, utilizam-se as informações extraídas da PNAD de 2013 referentes à Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA) para construir uma variável dicotômica que representa a fome e, através dessa, obter probabilidades condicionais em um modelo Logit. Na amostra utilizada, 17,5 milhões de brasileiros declararam ter passado fome em algum momento. Os resultados obtidos na análise regional mostram que as chances de ter algum tipo de restrição alimentar são maiores para indivíduos com baixa escolaridade, renda abaixo de dois salários mínimos e que trabalham informalizados. O trabalho contribui para a literatura ao mostrar como fatores distintos da renda ajudam a explicar a fome no Brasil, tais como a estrutura familiar e as desigualdades econômicas regionais. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Pereira Pontes, Doutoranda em Economia Aplicada Universidade Federal de Viçosa - DER/UFV

Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada da UFV. Possui mestrado em Economia Aplicada pelo Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada da FURG (2016), graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG (2011), técnica em contabilidade área de gestão (2004), possui MBA em Gestão do Agronegócio (2013) pela Universidade Federal do Paraná - UFPR. Tem experiência na área de Economia, Agronegócio e Energia, com ênfase em Desenvolvimento Econômico, Políticas Públicas e Comércio Internacional.

Márcio Nora Barbosa, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

É mestre em Economia Aplicada, pelo Programa de Pós-graduação em Economia Aplicada _ PPGE/FURG e especialista em Comércio Exterior e Negociação Internacional pela FGV-Florianópolis, atua como Professor temporário no curso de Comércio Exterior na FURG-SVP, assim como atua na Unidade de Pesquisa em Economia Costeira - UPEC/FURG, onde participa de projetos de pesquisa na área econômica. Possui graduação em Bacharelado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande (2006) e técnico em Comércio Exterior. Tem experiência na área de analise econômica em cadeias produtivas e análise de custo de processos, Logística de commodities e Logística interna.

Cristiano Aguiar de Oliveira, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

possui graduação em Ciências Econômicas pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande (1998), mestrado em Economia pela Universidade Federal do Ceará (2001) e doutorado em Economia Aplicada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011). Tem experiência na área de Economia e Métodos Quantitativos, com ênfase em Microeconometria Aplicada, Análise Econômica do Direito e Economia do Crime, atuando principalmente nos seguintes temas: crime, cidades, crescimento econômico, regulação, política fiscal e vitimização.

Patrizia Raggi Abdallah, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Graduação em Economia (UFV/1987), mestrado em Economia Rural (UFV/1990), doutorado em Economia Aplicada (ESALQ-USP/1999) e pós-doutorado em Economia Pesqueira (Fisheries Centre - University of British Columbia, Canadá / 2005-2006). Professora titular do Instituto de Economia da FURG, ministrando aulas na graduação e pós-graduação. Atua na área de Economia, com ênfase em Economia dos Recursos Naturais, Economia Costeira e Marinha, Economia Pesqueira, Análise Econômica, Política Pública, Mudanças Globais e Efeito sobre Ecossistemas Costeiros. Responsável pela rede temática ?Uso e Conservação da Biodiversidade Costeira e Marinha, Subsídios à Formulação de Política Pública para o Mar?, do Programa INCT-Mar/COI e pesquisadora da Rede CLIMA. Coordena Projeto financiado pela CAPES, Pró-Integração/AUXPE3166. Representa o MEC no GT-UCAM/SECIRM. Atua desde 2013 como Diretora do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio Grande ? FURG. Trabalhos publicados nos temas de economia costeira e marinha, economia pesqueira e desenvolvimento sustentável em zonas costeiras e marinhas.

Downloads

Publicado

2018-12-02

Como Citar

PONTES, R. P.; BARBOSA, M. N.; DE OLIVEIRA, C. A.; ABDALLAH, P. R. QUEM PASSA FOME NO BRASIL? UMA ANÁLISE REGIONAL DOS DETERMINANTES DA INSEGURANÇA ALIMENTAR FORTE NOS DOMICÍLIOS BRASILEIROS. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 225–241, 2018. Disponível em: https://www.revistaaber.org.br/rberu/article/view/320. Acesso em: 1 out. 2022.
Share |

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)