Simulações de Acordos de Livre Comércio para o Mercosul: Cenários com a China e com os Estados Unidos

Autores

  • Matheus Augusto Santana Souza Universidade de Brasília (UnB)
  • Flavio Tosi Feijó Departamento de Economia e Relações Internacionais - DERI, UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.54766/rberu.v14i2.543

Palavras-chave:

MERCOSUL, Acordos preferenciais de comércio, GTAP

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar as consequências de acordos de livre comércio do MERCOSUL de uma perspectiva brasileira. Para atingir este objetivo, utiliza-se como ferramenta o modelo de equilíbrio geral computável GTAP (Global Trade Analysis Project). São simulados dois acordos distintos: um com a China e outro com os Estados Unidos. A escolha desses países se dá pelo fato de serem os principais parceiros comerciais dos países do MERCOSUL, além de representarem dois lados antagônicos de uma atual guerra comercial. Os resultados mostram que os países envolvidos nos acordos comerciais melhoram a eficiência alocativa e aumentam a especialização de acordo com as vantagens comparativas. Para o Brasil, o acordo com a China é preferível devido aos ganhos de bem-estar e ao maior aumento do PIB e da eficiência alocativa. Para o resto do MERCOSUL, porém, tais efeitos são maiores no acordo com os Estados Unidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Matheus Augusto Santana Souza, Universidade de Brasília (UnB)

Mestrando em Economia pela Universidade de Brasília (UnB).

Flavio Tosi Feijó, Departamento de Economia e Relações Internacionais - DERI, UFRGS

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande (1993), mestrado em Economia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999), doutorado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005) e Post-Doc pela VU Amsterdam (2015). Atualmente é professor do Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE) e professor associado da Faculdade de Ciências Econômicas (FCE) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tem experiência em pesquisa com os seguintes temas: economia internacional e meio ambiente, Mercosul, co-integração, equilíbrio geral computável (GTAP), Alca, fontes de energia renováveis (energia das ondas), Protocolo de Quioto e emissões de CO2, economia regional, Polo Naval do Rio Grande. Já participou do Grupo de Estudos de Economia e Meio Ambiente Costeiro do Sul ? GEEMAC-SUL, como coordenador, e atualmente participa, como membro colaborador, do Núcleo de Análise e Política Econômica (NAPE) da FCE da UFRGS.

Downloads

Publicado

2020-10-21

Como Citar

SOUZA, M. A. S.; FEIJÓ, F. T. Simulações de Acordos de Livre Comércio para o Mercosul: Cenários com a China e com os Estados Unidos. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 301–334, 2020. DOI: 10.54766/rberu.v14i2.543. Disponível em: https://www.revistaaber.org.br/rberu/article/view/543. Acesso em: 29 set. 2022.
Share |