LOCATION OF SUGAR CANE PRODUCTION AND FUEL DEMAND IN BRAZIL

Autores

  • Gervásio Ferreira dos Santos Professor e Pesquisador do Departamento de Economia e PPGE/UFBA

Resumo

O objetivo deste trabalho é avaliar as diferenças regionais no comportamento do consumidor de combustível no Brasil induzidas pela produção regional de etanol no país. Da mesma forma que várias atividades econômicas no Brasil, as plantações de cana-de-açúcar e, consequentemente, a produção de etanol, são espacialmente concentradas. A hipótese do trabalho é que as diferenças regionais do nível de renda, de produtividade na produção de etanol e os custos de transporte podem afetar a competitividade dos combustíveis entre os estados brasileiros. Por este motivo, o conhecimento de como a localização da produção de etanol afeta o comportamento do consumidor pode auxiliar na compreensão de possíveis impactos da política energética nacional sobre a diversificação de combustíveis nas regiões. Nesse sentido, foram realizadas estimações econométricas de equações de demanda por etanol e gasolina utilizando um modelo de painel dinâmico. Em seguida, variáveis binárias de interação foram usadas para avaliar como as equações de demanda divergem entre as regiões consideradas como maiores e menores produtores de etanol no Brasil. Os resultados mostram que existem ganhos consideráveis para os consumidores de etanol e gasolina nas maiores regiões produtoras de etanol do país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-08-04

Como Citar

SANTOS, G. F. dos. LOCATION OF SUGAR CANE PRODUCTION AND FUEL DEMAND IN BRAZIL. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 61–73, 2015. Disponível em: https://www.revistaaber.org.br/rberu/article/view/62. Acesso em: 29 set. 2022.
Share |