HOW MUCH REGIONALLY DIFFERENTIATED IS THE PRIVATE EXPENDITURE IN EDUCATION IN BRAZIL? EVIDENCES FOR THE CASE OF METROPOLITAN REGIONS

Autores

  • Tatiane Almeida de Menezes Universidade Federal de Pernambuco
  • Raul Silveira Neto Universidade Federal de Pernambuco

Resumo

Tendo em vista a importância das disparidades regionais de níveis de escolaridade para o entendimento das desigualdades regionais de renda no Brasil, o trabalho utiliza dados da Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) dos anos de 1995/96 e 2002/03 para as regiões metropolitanas brasileiras para investigar a evolução da desigualdade regional dos gastos privados per capita e dos gastos privados per capita em educação entre 1996 e 2003. Os resultados mostram que, ao contrário do encontrado para a distribuição regional da renda per capita e para a distribuição regional dos gastos privados per capita, houve uma elevação da desigualdade na distribuição regional dos gastos privados per capita com educação entre as regiões metropolitanas brasileiras. Adicionalmente, mostra-se que tanto os gastos privados com o ensino fundamental e médio como com os gastos privados com ensino superior ficam regionalmente mais concentrados em 2003. Finalmente, são discutidas também possíveis explicações para as diferenças regionais no padrão de gastos com educação das regiões metropolitanas brasileiras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-22

Como Citar

MENEZES, T. A. de; SILVEIRA NETO, R. HOW MUCH REGIONALLY DIFFERENTIATED IS THE PRIVATE EXPENDITURE IN EDUCATION IN BRAZIL? EVIDENCES FOR THE CASE OF METROPOLITAN REGIONS. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 92–108, 2015. Disponível em: https://www.revistaaber.org.br/rberu/article/view/73. Acesso em: 29 set. 2022.
Share |