O ISOLAMENTO GEOECONÔMICO DOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO NORTE DO BRASIL: UMA PROPOSTA PARA QUANTIFICÁ-LO

Autores

  • Renilson Rodrigues da Silva Universidade Federal de São João Del Rei
  • Antonio Páez School of Geography & Earth Sciences, Mc Master University, ON, Canada

Resumo

Este trabalho tem como objetivo propor e estimar um indicador de acessibilidade para a Região Norte do Brasil, no nível municipal, entre os anos de 1980 e 2000. Visa, também, analisar como este indicador está sendo alterado naquela região, associando-o com a mudança nos padrões das populações rurais e urbanas. A hipótese que norteia esse objetivo é de que a melhoria do índice de acessibilidade, através dos investimentos em infraestrutura de transporte, contribuiu para o deslocamento da população rural rumo às zonas urbanas. Essa mudança tem como justificativa a busca da população por melhores condições de vida, já que na região como um todo, são encontrados os piores indicadores socioeconômicos. Para tanto, se utilizará Sistema de Informacões Georreferenciadas. Os resultados mostraram que, de fato, houve um esvaziamento da população rural rumo às zonas urbanas e que essa mudança foi causada pela melhoria da acessibilidade. Os municípios que têm maior acessibilidade são também aqueles que mais atraíram a população das zonas rurais. De maneira geral, a melhoria do índice de acessibilidade, resultante de investimentos em infraestrutura, influenciou os movimentos populacionais, sobretudo no descolamento da população rural para as zonas urbanas, fortalecendo, inclusive, a concentração da população nas capitais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-10-06

Como Citar

SILVA, R. R. da; PÁEZ, A. O ISOLAMENTO GEOECONÔMICO DOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO NORTE DO BRASIL: UMA PROPOSTA PARA QUANTIFICÁ-LO. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 1–18, 2015. Disponível em: https://www.revistaaber.org.br/rberu/article/view/84. Acesso em: 29 set. 2022.
Share |