RELAÇÕES INTERESTADUAIS E INTERSETORIAIS DE COMÉRCIO NO BRASIL: UMA ANÁLISE GRAVITACIONAL E REGIONAL

Autores

  • Aline Souza Magalhaes Economista, Mestranda em Economia do Cedeplar-UFMG. Bolsista da FAPEMIG.
  • Edson Paulo Domingues Professor Adjunto da FACE e Cedeplar-UFMG. Bolsista do CNPq (Produtividade em Pesquisa).

Resumo

Este artigo analisa os fluxos de comércio interestaduais na economia brasileira a partir de dados disponibilizados para o ano de 1999 (Vasconcelos e Oliveira, 1999). Modelos gravitacionais são estimados para os fluxos de comércio de 31 produtos, incluindo nestes modelos variáveis relacionadas à infra-estrutura de transportes (rodovias e ferrovias). Os resultados indicam que as estruturas produtivas regionais no Brasil, aliadas a determinantes geográficos e de infra-estrutura, mostram-se relacionados aos fluxos de comércio entre os Estados de forma diferenciada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-02-06

Como Citar

MAGALHAES, A. S.; DOMINGUES, E. P. RELAÇÕES INTERESTADUAIS E INTERSETORIAIS DE COMÉRCIO NO BRASIL: UMA ANÁLISE GRAVITACIONAL E REGIONAL. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 2, n. 1, 2015. Disponível em: https://www.revistaaber.org.br/rberu/article/view/39. Acesso em: 29 set. 2022.
Share |