Análise de convergência de desenvolvimento multidimensional para regiões intermediárias de Minas Gerais

Autores

  • Ana Paula Nunes Silva Universidade Federal de Viçosa / Mestranda em Economia Aplicada UFV.
  • Hilton Manoel Dias Ribeiro Universidade Federal de Juiz de Fora - Campus GV / Professor Adjunto no Departamento de Economia.
  • Suzana Quinet de Andrade Bastos Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF/ Professora Titular no Departamento de Economia da UFJF e no Programa de Pós-Graduação em Economia - PPGE da UFJF. http://orcid.org/0000-0002-8080-1486

Palavras-chave:

Desenvolvimento regional, Convergência multidimensional, Regiões intermediárias, Minas Gerais

Resumo

Ao longo do tempo a ideia de riqueza e o conceito de desenvolvimento ou progresso foram se modificando. Num primeiro momento, desenvolvimento esteve associado ao crescimento econômico. Posteriormente, em função da constatação de que o crescimento econômico não necessariamente significava progresso social, passou-se a utilizar a denominação desenvolvimento econômico e social. Ao conceituar o desenvolvimento num âmbito multidimensional, o PIB per capita passa a ser visto como uma medida limitada, por não captar questões relativas aos padrões de vida e bem-estar da população. Nesse contexto, o objetivo desse trabalho é verificar se há um processo de convergência no desenvolvimento multidimensional entre as treze regiões intermediárias de Minas Gerais, considerando, além da renda, aspectos como educação, saúde, pobreza, condições de moradia e emprego. O recorte temporal considera os anos de 1991, 2000 e 2010 e os métodos empregados consistem no cálculo da sigma-convergência e na Análise de Cluster. Os resultados sugerem um efeito antagônico para as regiões intermediárias mineiras, com indícios de convergência sob a perspectiva social e divergência para aspectos econômicos. Já a análise de cluster identificou agrupamentos de regiões intermediárias, para cada período, mas sem a significância estatística que comprovasse a distância desses grupos no período de tempo delimitado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Nunes Silva, Universidade Federal de Viçosa / Mestranda em Economia Aplicada UFV.

Mestranda em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa - UFV. Graduação em Economia pela Universidade Federal de Juiz de Fora - Campus GV. Trabalhou como bolsista FAPEMIG em projeto na área de desenvolvimento regional em Minas Gerais. Atualmente está como colaboradora do Econúcleo - Estudo Socioeconômicos (UFJF-GV).

Hilton Manoel Dias Ribeiro, Universidade Federal de Juiz de Fora - Campus GV / Professor Adjunto no Departamento de Economia.

Doutor em Economia pela Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF. Mestre em Economia pela Universidade Federal de Viçosa - UFV. Especialista em Gestão Pública pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. Atualmente é Coordenador do Grupo de Pesquisa Econúcleo - Estudos Socioeconômicos e Professor Adjunto no Departamento de Economia da Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF/Campus GV. Experiência em políticas públicas na área de inovação e desenvolvimento regional em Minas Gerais. Interessado em pesquisas nas áreas de Economia Institucional, Regional, Economia Mineira, Inovação e Políticas Públicas.

Suzana Quinet de Andrade Bastos, Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF/ Professora Titular no Departamento de Economia da UFJF e no Programa de Pós-Graduação em Economia - PPGE da UFJF.

Professora Titular da Faculdade de Economia da Universidade Federal de Juiz de Fora, onde atua na graduação e na pós-graduação, lecionando cursos na área de Economia Regional e Urbana. Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1981), Especialização em Economia Industrial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1983), Mestrado em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000) e Doutorado em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004). Sua principal linha de pesquisa inclui-se no campo do desenvolvimento econômico, com especial interesse nos seguintes temas: Economia Regional e Urbana, Desenvolvimento Econômico Local, Economia de Serviços, Economia da Saúde, Demografia Econômica, Economia Institucional, Rede de Cidades, Arranjos Produtivos Locais, Minas Gerais, Zona da Mata e Juiz de Fora. É pesquisadora do Grupo de Pesquisa LATES - Laboratório de Análises Territoriais e Setoriais, UFJF/CNPq.

Referências

AFONSO, M. A. D.; MELÃO, N. F. R. Para uma tipologia socioeconômica da área metropolitana do Porto: uma análise estatística multivariada. Tékhne - Polytechnical Studies Review, v. 5, n. 8, p. 215-242, 2007.

ALVES, L.F.; FONTES, R. Clubes de convergência entre os municípios de Minas Gerais. Revista Econômica do Nordeste, v. 32, p. 546-568, 2001.

ANDRADE, C. M. C. Crédito e crescimento econômico: uma análise da relevância dos tipos de crédito no Brasil. 2009. 139 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional, Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009.

ATLAS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO NO BRASIL. Disponível em: .

CRACOLICI, M.F.; CUFFARO, M.; NIJKAMP, P. The measurement of economic, social and environmental performance of countries: A novel approach. Social indicators research, v. 95, n. 2, p. 339, 2010.

DASGUPTA, P.; WEALE, M. On measuring the quality of life. World development, v. 20, n. 1, p. 119-131, 1992.

FERREIRA, R. T; CRUZ, M.S. Clubes de convergência na desigualdade de renda nos municípios brasileiros. In: Anais do XXXVI Encontro Nacional de Economia. ANPEC-Associação Nacional dos Centros de Pós-graduação em Economia, 2008.

FIRME, V. A. C.; VASCONCELOS, C. R. F. Identificação de Nichos de Mercado para Países Exportadores: uma Análise Multivariada para o Ano de 2011. Análise Econômica, Porto Alegre, ano 33, n. 64, p. 317-347, 2015

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO (FJP). Índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS). Disponível em: .

GALOR, O. Convergence? Inferences from theoretical models. The Economic Journal, p. 1056-1069, 1996.

GILES, D.E.A.; FENG, H. Output and well-being in industrialized nations in the second half of the 20th century: testing for convergence using fuzzy clustering analysis. Structural Change and Economic Dynamics, v. 16, n. 2, p. 285-308, 2005.

GOMES, R.R.; ESPERIDIÃO, F. Convergência de renda: uma análise em painel para as regiões brasileiras no período 1995-2009. Ensaios FEE, v. 37, n. 1, p. 115-144, 2016.

HANSEN, B.E. Sample splitting and threshold estimation. Econometrica, v. 68, n. 3, p. 575-603, 2000.

HOBIJN, B.; FRANSES, P.H. Are living standards converging?. Structural Change and Economic Dynamics, v. 12, n. 2, p. 171-200, 2001.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍTICA (IBGE). O recorte das regiões geográficas imediatas e intermediárias de 2017. 2017.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTAÍSTICA (IBGE). Portal do IBGE. Disponível em: .

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA (IPEA). Ipeadata. 2018. Disponível em: .

LUCAS JR, R. E. On the mechanics of economic development, Journal of Monetary Economics 22(1), 3–42, 1988.

MADUREIRA, E.M.P. Desenvolvimento regional: principais teorias. Revista Thêma et Scientia, Vol, v. 5, n. 2, p. 9, 2015.

MARCHANTE, A.J.; ORTEGA, Bienvenido. Quality of life and economic convergence across Spanish regions, 1980–2001. Regional Studies, v. 40, n. 5, p. 471-483, 2006.

MARQUES, A.M.; FOCHEZATTO, A. Uma análise multidimensional do processo de convergência entre os estados brasileiros, 1970-2000. Ensaios FEE, v. 38, n. 3, p. 467-498, 2017.

MCGILLIVRAY, M.; SHORROCKS, A. Inequality and multidimensional well-being. Review of income and wealth, v. 51, n. 2, p. 193-199, 2005.

NEUMAYER, E. Beyond income: convergence in living standards, big time. Structural Change and Economic Dynamics, v. 14, n. 3, p. 275-296, 2003.

PEROBELLI, F.S.; FERREIRA, P.G.C.; FARIA, W.R. Análise de convergência espacial no Estado de Minas Gerais: 1975-2003. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, v. 1, n. 1, 2007.

RUSSO, L.X.; SANTOS, W.O.; PARRÉ, J.L. Uma Análise da Convergência Espacial do PIB per capita para os Municípios da Região Sul do Brasil (1999-2008). Anais: XV Encontro de Economia da Região Sul–ANPEC SUL. Porto Alegre, 2012.

SALA-I-MARTIN, X.X. The classical approach to convergence analysis. The economic journal, p. 1019-1036, 1996.

SOLOW, R. M. A contribution to the theory of economic growt. The Quarterly Journal of Economics 70(1), 65–94. 1956.

SERRANO, F.L.; CESARATTO, S. As leis de rendimento nas teorias neoclássicas do crescimento: uma crítica sraffiana. Ensaios FEE, v. 23, n. 2, p. 699-730, 2002.

ZAMBRANO, C.; LIMA, J.E. Análise estatística multivariada de dados socioeconômicos. SANTOS, M.L.; VIEIRA, W.C. (org). Métodos quantitativos em economia, Viçosa, UFV, 2004. p. 555-576.

Downloads

Publicado

2020-10-06

Como Citar

SILVA, A. P. N.; RIBEIRO, H. M. D.; BASTOS, S. Q. de A. Análise de convergência de desenvolvimento multidimensional para regiões intermediárias de Minas Gerais. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 13, n. 4, p. 561–580, 2020. Disponível em: https://www.revistaaber.org.br/rberu/article/view/502. Acesso em: 1 out. 2022.
Share |