DISCRIMINAÇÃO ESPACIAL NO MERCADO DE TRABALHO: O CASO DAS FAVELAS DO RIO DE JANEIRO

Autores

  • Leandro Pereira da Rocha
  • Marcelo Pessoa
  • Danielle Carusi Machado Universidade Federal Fluminense

Resumo

As favelas do Rio de Janeiro são objetos de diversos estudos e foco de políticas públicas que visam à integração destas ao resto da cidade. Desde seu surgimento, as favelas se localizam na retaguarda da alta sociedade, seus moradores buscando uma localização mais próxima ao ambiente de trabalho. Os trabalhadores provenientes destas eram, em sua maioria, desqualificados profissionalmente e aceitavam quaisquer empregos que lhes eram oferecidos. O objetivo deste estudo é buscar evidências de discriminação espacial no mercado de trabalho entre moradores de favelas da cidade do Rio de Janeiro, ou seja, o motivo da discriminação pode estar associado a segregação espacial destes moradores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-10-06

Como Citar

ROCHA, L. P. da; PESSOA, M.; MACHADO, D. C. DISCRIMINAÇÃO ESPACIAL NO MERCADO DE TRABALHO: O CASO DAS FAVELAS DO RIO DE JANEIRO. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 38–57, 2015. Disponível em: https://www.revistaaber.org.br/rberu/article/view/86. Acesso em: 29 set. 2022.
Share |