PRODUCTION EFFICIENCY OF FAMILY FARMS AND BUSINESS FARMS IN THE BRAZILIAN REGIONS

Autores

  • Denise Imori
  • Joaquim José Martins Guilhoto
  • Fernando Antonio Slaibe Postali

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar a eficiência técnica dos estabelecimentos agropecuários do Brasil e de suas regiões, utilizando como base os dados do Censo Agropecuário 2006. Mais especificamente, procura comparar as eficiências técnicas dos estabelecimentos rurais familiares em relação aos de caráter patronal, considerando-se as diferenças regionais no país. Para tanto, estimaram-se, sob diferentes hipóteses, fronteiras estocásticas de produção e, simultaneamente, modelos de efeitos de ineficiência. Com isso, foi possível mensurar as eficiências técnicas dos estabelecimentos rurais, bem como analisar as influências de fatores relacionados ao ambiente produtivo, permitindo a indicação de políticas públicas voltadas ao aperfeiçoamento do desempenho dos produtores. Nas estimações empíricas, observou-se menor eficiência técnica para os estabelecimentos familiares. Em termos regionais, destacou-se, no que concerne à eficiência técnica dos estabelecimentos patronais, a região Sul do país, a qual também apresentou, ao lado do Centro-Oeste, os índices mais elevados para os estabelecimentos familiares, em média. Quanto à influência do ambiente produtivo, obteve-se que a educação formal e o acesso a crédito sobressaem como importantes fatores para a eficiência técnica da agropecuária brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-10-10

Como Citar

IMORI, D.; GUILHOTO, J. J. M.; POSTALI, F. A. S. PRODUCTION EFFICIENCY OF FAMILY FARMS AND BUSINESS FARMS IN THE BRAZILIAN REGIONS. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 16–35, 2015. Disponível em: https://www.revistaaber.org.br/rberu/article/view/98. Acesso em: 29 set. 2022.
Share |

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)