CONCENTRAÇÃO GEOGRÁFICA DE OCUPAÇÕES POR REGIÕES METROPOLITANAS BRASILEIRAS

Pedro Henrique Portela de Andrade, Eduardo Gonçalves, Ricardo da Silva Freguglia

Resumo


O objetivo desse artigo é analisar a concentração geográfica ocupacional nas regiões metropolitanas brasileiras, seus determinantes e o papel da intensidade tecnológica neste contexto. A partir do amplo painel de dados provenientes da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), entre 2003 e 2008, utiliza-se o índice de Gini locacional para medir concentração e realizam-se estimações econométricas com métodos de efeitos fixos. Os resultados indicam que as ocupações mais concentradas no Brasil são ligadas a vantagens naturais, embora ocupações de maior intensidade tecnológica também apresentem índices elevados de concentração. Em termos econométricos, os resultados demonstram que a concentração ocupacional é afetada pela distribuição geográfica das atividades produtivas e pela intensidade tecnológica de cada ocupação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN (impresso): 1981-3953

ISSN (eletrônico): 2447-7990


A Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos (RBERU) encontra-se em processo de ajuste para atender todos os requisitos da Scielo para indexação.

 

Indexadores & Repositórios:

         

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia